Clareamento Dental: tudo o que você precisa saber o assunto!

O clareamento dental é um dos procedimentos estéticos mais comuns nos consultórios odontológicos. Pensando nisso, preparamos este post com algumas dicas importantes para que você conheça este tratamento, descubra suas vantagens e riscos, além de conhecer informações importantes sobre produtos, profissionais e processos. Confira:

Por Douglas Bragança | dia em Blog

Clareamento Dental: tudo o que você precisa saber o assunto!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

1. Clareamento dental a laser

O clareamento dental realizado em consultório, também conhecido como clareamento a laser, é uma técnica de clareamento vantajosa, pois traz resultados mais rápidos para o paciente.

Isso não significa que seja um procedimento mais eficiente que o clareamento caseiro, mas sim, que os resultados são alcançados com mais rapidez.

É uma das escolhas favoritas de noivas, por exemplo, que precisam de resultados mais rápidos pois possuem algum evento ou projeto agendado.

2. Clareamento dental caseiro

O clareamento dental caseiro é uma excelente opção para quem tem tempo e empenho para dedicar-se ao tratamento. Este tipo de procedimento é feito com uma moldeira de silicone desenvolvida pelo dentista e um gel clareador que é escolhido em conjunto entre o paciente e o profissional.

Os resultados demoram até um mês para aparecerem, variando de acordo com a situação dos dentes de cada paciente. Por isso o tratamento caseiro requer mais paciência. Converse com o seu dentista e encontre a solução e o procedimento mais indicado para o seu caso.

Como há diferença de preço entre os procedimentos, vale a pena conversar com o seu dentista e definir conjuntamente qual é a melhor opção.

3. Acompanhamento profissional

Muitas pessoas realizam procedimentos de clareamento sem o acompanhamento de um dentista. Este tipo de atitude é muito perigosa já que o paciente não conhece a qualidade do produto e também não tem condições de avaliar sozinho quais são as necessidades dos seus dentes.

Por isso é imprescindível contar com o acompanhamento de um dentista. Fique atento e mantenha a saúde dos seus dentes!

4. Contraindicações

O procedimento de clareamento dental não pode ser realizado nos seguintes casos:

  • Pacientes com tártaros, placa dental ou sangramento gengival.
  • Pacientes com problemas periodontais.
  • Em alguns casos de pacientes gestantes.

Antes de realizar o procedimento é importante que o dentista avalie a saúde bucal do paciente e realize exames necessários para constatar a existência de possíveis problemas bucais.

5. Cuidados especiais

O procedimento não costuma ser indicado para gestantes e pacientes muito jovens. Além disso, pacientes que possuem próteses e restaurações também devem ter cuidados especiais com o clareamento dental.

6. Cuidados após o tratamento

Após o clareamento é necessário que o paciente tome alguns cuidados como:

  • Reduzir o consumo de bebidas com corantes como café e vinho.
  • Reduzir o consumo de alimentos que contenham corantes, como molhos prontos, por exemplo.
  • Aumentar o consumo de frutas e vegetais.
  • Buscar acompanhamento periódico do dentista.
  • Atentar para a higiene bucal na sua rotina.

Se você está interessado em realizar o procedimento de clareamento dental, entre em contato com o consultório Dra. Ana Paula e agende uma consulta com um de nossos dentistas.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Clareamento Dental: tudo o que você precisa saber o assunto!

Enviando Comentário Fechar :/

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar: